EMBAIXADORA AMERICANA EM ANGOLA VISITA CENTRO DE DIREITOS HUMANOS E CIDADANIA DA FDUCAN

A Embaixadora dos Estados Unidos em Angola, Dra. Nina Maria Fite, realizou, recentemente, uma vista de trabalho ao Centro de Direitos Humanos e Cidadania da Faculdade de Direito da UCAN, sito no Largo das Escolas, com o propósito de o conhecer e constatar o seu funcionamento.

A Embaixadora americana foi recebida pelo Director do CDHC, Msc Wilson Almeida Adão, que saudou a representante da maior potência mundial e de imediato deu início a uma visita guiada às instalações do Centro de Direitos Humanos.

Nina Fite visitou a Clínica Jurídica, a primeira e até então, única em Angola e recebeu informação do CDHC sobre o trabalho de apoio legal gratuito aos cidadãos sem recursos económicos, em especial, as vítimas de violência doméstica e outras violações de direitos humanos. A Embaixadora Americana manifestou a sua surpresa e profundo agrado com o trabalho desenvolvido pelo Centro junto das comunidades. Depois visitou o escritório central e a sala de formação, onde foi informada dos vários projectos desenvolvidos.

Nesta visita, Nina Fite interagiu com os vários voluntários do CDHC sobre o trabalho diário que realizam e no final, deixou fortes palavras de incentivos a toda equipa, louvando o trabalho que tem prestado no processo de consolidação do Estado de Direito em Angola. Deixou especial incentivo aos jovens voluntários, encorajando-os a prosseguir nesta nobre iniciativa e informando que iniciativas como esta são muito bem vistas pelo Governo Americano.

No final da visita, Nina Fite, acompanhada pelo Director do CDHC, Wilson Adão, foi recebida na Reitoria da UCAN, pelo Vice-Reitor Padre Doutor Jerónimo Cahinga, que deu cumprimentos de boas-vindas a visitante e manifestou a disponibilidade de continuar a colaborar com os Estados Unidos de Americana na promoção de um ensino de qualidade e defesa de direitos humanos em Angola.

No final da visita, a Embaixadora Americana presenciou a assinatura de um Acordo de Financiamento entre a Embaixada Americana e o CDHC, para realização de uma actividade de formação educativa em direitos humanos para agentes da fiscalização, com o propósito de prevenir violência contra vendedores ambulantes, em especial, mulheres e crianças.

Siga-nos

Estamos nas Redes Sociais. Siga-nos dando um click.

Quem está em linha?

Temos 248 visitantes e sem membros em linha